Pessoas e tecnologia são a chave para inovar no mercado condominial

Quando pensamos em startups, a primeira palavra que vem à mente é inovação, já que ela é a base para inspirações, serviços e produtos criativos e diferenciados. No entanto, inovar é muito mais do que simplesmente adquirir softwares ou equipamentos modernos. As melhores ideias provêm do investimento em pessoas e em novas tecnologias. No mercado condominial não é diferente. 

Em uma economia cada vez mais complexa e interconectada, para ganhar competitividade, diferenciação e aumentar suas fontes de renda e lucro, o desafio de inovar é grande. De uma série de erros é que nascem os acertos, as mudanças de rota e as descobertas mais incríveis.

Mas, não basta pensar apenas em metodologia. São as pessoas que produzem a inovação. E isso acontece por meio da observação atenta de muitos pontos: estratégia e posicionamento de mercado, estrutura organizacional, gestão de tecnologia, de pessoas e de parcerias.

Nesse contexto, o CondoConta surge com uma proposta inovadora e completamente diferente, porque vem ao encontro de uma necessidade latente do mercado condominial brasileiro. Atualmente, o Brasil tem cerca de 500 mil condomínios e cerca de 95 milhões de pessoas morando ou trabalhando neles, quase metade da população brasileira. No entanto, não é atendido ou compreendido pelo setor financeiro.

O primeiro banco do mundo exclusivo para condomínios surgiu a partir da pesquisa, da análise e da escuta dos principais desafios de síndicos e administradoras de condomínios. Hoje, o CondoConta leva transparência, eficiência e segurança à gestão financeira de condomínios em todas as regiões do Brasil, projeta 150 milhões de reais em movimentações, com mais de 100 mil boletos gerados em 2021 e 35 bilhões de reais em patrimônio condominial sob sua gestão.

Tamanho crescimento não seria possível sem os investimentos certos. Por isso, para acompanhar a evolução do banco digital, a equipe de colaboradores também vem crescendo rapidamente.

Investimento nos verdadeiros geradores da inovação

Se estratégias e ambientes são fundamentais para promover mudanças, eles não funcionam sozinhos. São os colaboradores que produzem a diferença. Pessoas, portanto, são o segredo para a inovação e a construção de negócios.

 O CondoConta foi criado por apenas duas pessoas. No final de 2019, eram seis. Para trabalhar o produto e os recursos do aplicativo, foram contratados desenvolvedores, e então a equipe dobrou. Hoje, já são mais de 140 colaboradores no time. 

A rápida escalada despertou o interesse de  investidores, e em 2021, o banco recebeu três importantes aportes financeiros. Da Redpoint Eventures foram dois, em março e em setembro, totalizando R$ 12 milhões. Em novembro, foi a Igah Ventures que enxergou no CondoConta uma grande oportunidade, investindo o valor aproximado de R$ 10 milhões.   

Conforme o CFO do CondoConta, Atilio Borges, esses aportes possibilitam que o banco digital avance em duas grandes frentes, que são: 

  • Tecnologia: para melhorar cada vez mais os recursos do aplicativo do CondoConta, os sistemas internos e a integração de sistemas, para conversar cada vez mais e melhor com os clientes e o mercado condominial.
  • Pessoas: investir e continuar investindo em pessoas, em formação de profissionais, até por entender que, embora o mercado condominial seja gigantesco no Brasil,  é bastante restrito com relação a conhecimento. 

“Precisamos formar muita gente, educar muitas pessoas para entender o mercado condominial, para que assim possamos concretizar o nosso propósito – transformar de maneira positiva o mercado condominial, trazendo gestão, facilidades, inovação e disrupção no que diz respeito a serviços e produtos financeiros”, completa.

Atilio indica que é necessário favorecer esse crescimento e todas as pessoas envolvidas para que possam entender absolutamente e cada vez mais a entidade anômala, que é o condomínio, assim como os direitos e deveres de todos e de uma forma muito ampla. 

A transformação do mercado condominial

A transformação do mercado condominial, na opinião de Atilio, é baseada em três pilares: conhecimento do setor, conhecimento em tecnologia e domínio do setor financeiro.  

Atilio destaca a necessidade de ajudar as pessoas a entenderem os seus papéis: o papel do síndico, do banco, da administradora e até mesmo do condômino, para que ele entenda seus direitos e deveres. Isso porque, quando nos referimos a condomínio, também é preciso falar sobre respeito, discutir conflitos e propor soluções eficazes para realmente amparar o mercado condominial

“Nossa grande crença é de que a gente vai conseguir criar um time tão entendedor ou mais, a respeito de condomínios, do que os próprios founders do CondoConta. Especialistas em transformar a vida em condomínio. E, para isso, a gente precisa dominar todos os aspectos”, afirma.  

Por isso, uma das bases que fundamentam o negócio é a educação. O CondoConta tem realizado um trabalho consistente nesse sentido. Além da constante geração de conteúdos ricos para o blog e as redes sociais, promoveu o primeiro evento nacional, exclusivo para síndicos, administradoras, conselheiros e condôminos. O CondoConta Summit 2021 reuniu um time de especialistas condominiais para falar sobre temas inerentes à gestão de condomínios – finanças, relações interpessoais, desafios da rotina administrativa, aumento da presença feminina nesse cenário e controle de conflitos. 

Acolhimento: o que move as pessoas?

A intenção do acolhimento e da recepção dos novos colaboradores do CondoConta, desde o processo de contratação, passando pelo onboarding e o treinamento, traz uma grande preocupação de que elas de fato possam entender e se apaixonar pelo mercado condominial. 

“O time foi escolhido a dedo, são efetivamente talentos selecionados para nos ajudar a aprender cada vez mais e profundamente sobre condomínios. Todas as pessoas têm esse desafio de dominar sua área, aprender e crescer mais do que os próprios founders. Esse investimento em conhecimento será revertido em ajuda, visão e contribuição para os nossos parceiros – os síndicos, as administradoras e os condôminos. Esse processo intenso de transformar pessoas que não conhecem o mercado condominial para pessoas que o conhecem, só pode ser feito com carinho, atenção, preocupação e amor. Isto é que transforma”, garante. 

O entusiasmo de um líder 

Com mais de 30 anos de experiência, Atilio trabalhou na área financeira e comercial de diversas empresas e bancos, como a Caixa Econômica Estadual e o Bamerindus (depois comprado pelo HSBC). 

De 2000 a 2010, atuou no planejamento financeiro, nas áreas financeira e comercial, foi gestor de marketing e também de planejamento comercial do Grupo RBS, concluindo o ciclo na companhia como CFO para SC.

Em busca de novas experiências, especialmente na área de Real Estate, em 2010, Atilio teve o primeiro contato com o ecossistema condominial. Foi quando começou a conhecer a construção civil em um projeto relativo ao novo urbanismo, tanto na parte da infraestrutura de loteamentos, quanto de condomínios.

Ele atuou também como diretor financeiro em uma das maiores construtoras do Brasil, em Balneário Camboriú. E, já no final de 2019, foi convidado pelo CEO do CondoConta, Rodrigo Della Rocca, e pelo COO, Marcelo Cruz, para fazer parte do projeto como CFO da companhia. 

Atilio conta que existe uma palavra que ele escuta há anos e que adora – entusiasmo. Na gramática, a palavra entusiasmo vem de ENTHEOS, que significa “Deus dentro”. 

“Esta é uma palavra tão forte que significa que você tem Deus dentro de si. Eu sou absolutamente entusiasmado pelo nosso mercado, pela história que o CondoConta está construindo e também pela rapidez com que isso vem acontecendo, pelo carinho e amor com que o nosso time tem construído essa história”, revela. 

O líder fala ainda que, em relação às outras companhias em que trabalhou, que também tiveram grande importância no desenho de sua carreira, o CondoConta é completamente diferente porque é um modelo disruptivo, que veio para quebrar padrões e trazer novidades incríveis para os gestores de condomínios. Assim, suas expectativas para o futuro da fintech são as melhores possíveis. 

“Na minha visão, nosso futuro é promissor porque temos em nossas mãos um grande mercado, mal atendido por parte de outros agentes. Só depende da gente. Sem dúvida, eu realizo vários sonhos aqui”, finaliza. 

Saiba mais sobre o CondoConta

Somos o CondoConta, o banco oficial dos condomínios brasileiros. Abra a conta do seu condomínio, sem custos e sem tarifas. Em menos de cinco minutos você começa a aproveitar todos os benefícios de um experiente, tecnológico e seguro banco condominial.

Vantagens de ser cliente CondoConta:

  • Conta exclusiva do condomínio ou administradora
  • Emita as cotas condominiais em lote sem qualquer tipo de custos
  • Realize ou agende pagamentos, transferências e tributos de forma ilimitada e gratuita
  • Acompanhe o demonstrativo financeiro detalhado e atualizado em tempo real
  • Aplique o fundo de reserva e outros fundos, com rendimento garantido 100% CDI
  • Acesse relatórios detalhados de receitas e inadimplência

CondoShop: a loja preferida dos síndicos e administradoras

  • Receita Garantida: dinheiro na conta, todo mês. Inadimplência zero no seu condomínio
  • Financiamento condominial: crédito rápido para reformas, obras e melhorias 
  • Seguro obrigatório do condomínio sob medida, com as melhores cotações
  • Receba as cotas condominiais no cartão de crédito e seus condôminos podem parcelar em até 12x
  • Único banco digital em que você paga tributos sem código de barras
  • Zero custo de conta, sem letras pequenas

Gostou deste conteúdo? Para ler mais artigos como este, acesse o nosso blog.

X